Idiomas:

Solicite Orcamento

NEWSLETTER

descricao da imagem

 

Ultimamente têm se falado muito sobre networking. No meu caso, empreendo desde 2001, porem foi somente em 2008 que comecei a entender o que seria, o que era relacionar-me com outros empresários, como deveria guardar os contatos gerados.
 

Quando veio a crise mundial iniciada nos Estados Unidos, me veio a cabeça aquela velha frase, onde se tem crise, tem oportunidade. Minha esposa  (sócia) e eu, entramos em um site de busca e comecei a pesquisar potenciais empresas que poderiam ser parceiros estratégicos ou potenciais clientes em Miami. Para minha surpresa 05 empresas retornaram para agendamentos.

Em menos de 30 dias, estávamos com as malas prontas e partindo para os EUA.

Se me perguntarem o porque daquela cidade, eu tinha lido em alguma revista que a concentração de brasileiros no estado da Florida era muito alto, pensei, se a língua fosse uma limitação (eu já tinha morado em Seattle para High School, porem o inglês para negócios eu não dominava), havendo muitos brasileiros por lá facilitaria muito e outro ponto foi quanto  ao meu produto do segmento digital que tinha valor de venda inicial no Brasil a partir de R$ 1.500,00, pesquisando concorrentes  percebi que meu produto eu poderia vendê-lo por USS 1.500,00 nos EUA.

Como eu não conhecia Miami e  tinha uma certa limitação quanto a gastos, escolhi um hotel simples porem na região central da cidade, a 2 quadras da Ocean Drive e Lincoln Road. Preferi ficar em hotel simples, porem em uma boa região da cidade, afinal, por não conhecer aquela região,  não queria ficar em um local afastado ou que não tivesse uma boa reputação junto aos clientes.

Para aproveitar o melhor possível minha estadia, o primeiro agendamento seria já na no fim da tarde em que chegamos, de SP a Miami são aproximadamente 07 horas de voo, desta forma, para viagens noturnas você pode descansar um pouco, embora na classe econômica tem sérias limitações de conforto.

O local escolhido fora um barzinho na Lincoln Road. Como sei que atrasos não são tolerados por americanos cheguei lá 15 minutos adiantado, este primeiro contato era um consultor de tecnologia naquele país, ele já estava no local e pediu que aguardasse dois amigos dele. Ao chegarem fomos para um local mais reservado. Curioso que neste dia praticamente não falamos dos meus negócios, sobre meus serviços, nesta viagem fiquei em Miami por 05 dias, acabei encontrando-o todos os dias, onde falamos sobre escalar produtos, internacionalização, receita recorrente e muito mais. Posso dizer que fora um MBA intensivo.  Durante a semana visitei outras empresas, fui apresentado a Brasileiros que estavam empreendendo naquele país, foi uma grande oportunidade para iniciar meus primeiros contatos comerciais naquele país.

 

Após voltar ao Brasil, mantivemos contato com alguns deles, retornei aos EUA com meu outro sócio posteriormente já em virtude do relacionamento e depois continuamos contato via internet.

Atualmente uma de minhas atividades é como Diretor de Missões Internacionais da Viking Network,   levo empresários brasileiros para o vale do silício, com objetivo de quebrar paradigmas, ter novas experiências em negócios, observar como os americanos iniciam e aceleram suas empresas, foram 04 edições nos últimos 12 meses recentemente fui procurado para organizar um grupo com 18 empresas para Miami e que veio por indicação de uma outra empresa, de relacionamento criado em algum momento.

Fiz um mapa mental para esta atividade com o check list e conexões estratégicas, e claro que liguei para  o consultor que conheci no passado, ele simplesmente me direcionou conexões muito importante para a atividade que criarei, alem dele um dos meus contatos de San Francisco me passou 2 conexões na Florida e quando finalizei o mapa,  por meio da rede de networking, tinha 12 pessoas/empresas listadas. Dentre elas 09 abriram portas ou me direcionaram ao que necessitava.
 

Como disse Steve Jobs – "Você não consegue conectar pontos olhando para frente, e sim, olhando para trás. Então você tem que confiar que os pontos se conectarão no futuro."
 

Portanto, acima eu quis passar aos leitores que networking não é simplesmente sair por aí trocando cartões. Vai muito alem, é relacionar-se, saber armazenar os contatos para quando necessário saber utilizá-los.
 

Abaixo listei 6 lugares para expandir seu networking

 

1 – Participar de eventos relacionados a sua área.

Palestras, congressos, seminários, e fóruns.

São excelentes eventos não só para ter acesso a informações atualizadas relacionadas a seu negócio, como também potenciais fornecedores, parceiros e até mesmo clientes.


2 –  Grupos Regionais
Muitos empreendedores, empresários tem criado grupos regionais para fomentar o empreendedorismo, trocar ideias e experiências.  Temos vários casos que estão surgindo, inclusive fora de grandes centros.
 

3 – Missões de Negócios
Muitos empreendedores dizem não ter tempo para desligarem-se por um período e frequentar por 5, 6 dias uma missão de negócios.


Participar de uma atividade como esta não quer dizer que sua empresa vai para fora do Brasil, porem poderá encontrar parceiros estratégicos, novos produtos, ter acesso a inovações e sim quem sabe iniciar processo de internacionalização sem contar que rende excelente networking.

4 – Co-Working
Alem de ser opção econômica para iniciar uma empresa, os escritórios compartilhados sao excelentes para contatos, relacionamentos.  Já visitei vários tanto no Brasil quanto no exterior e realmente tem muita oportunidade de negócios.

5 – Redes Sociais
Enquanto muitos utilizam as redes somente para postar informações pessoais, você pode potencializar sua rede de contatos por meio de facebook, linkedin dentre outras.

Esta modalidade de networking ainda não é bem utilizada, afinal, pessoas adicionam umas as outras, porem não tem o habito de se comunicarem, trocar ideias e experiências.


6 – Entidades de Classe
Participar, associar-se a Associações, Sindicatos do seu segmento. Alem de networking, você poderá trocar ideias e experiências com outras empresas.

André Bianchi

Diretor de Negócios BWi Participações
Presidente da ABRADi-ISP (Gestão 2013 – 15)
Fundador e Membro Conselho Grupo GV8
Linkedin: br.linkedin.com/in/andrebianchi10
Facebook: https://www.facebook.com/andre.bianchi.92

Nenhuma imagem foi inserida.